16,96 

Biografia involuntária dos amantes

Uma viagem de descoberta de um amor antigo que começa com a leitura de um manuscrito. O narrador não poderia adivinhar (porque nunca podemos saber as verdadeiras consequências dos nossos actos) que a leitura desse manuscrito teria o mesmo efeito sobre a sua vida.

656 em stock

Também disponível em EBOOK:

Características

Autor(a) João Tordo

ISBN 9789896722593
Data de publicação Outubro de 2019
Edição atual 3.ª
Páginas 424
Apresentação capa mole
Dimensões 145x230mm
Idade recomendada Adultos
Partilhar:
Descrição

Numa estrada adormecida da Galiza, dois homens atropelam um javali. A visão do animal morto na estrada levará um deles – Saldaña Paris, um jovem poeta mexicano de olhos azuis inquietos – a puxar o primeiro fio do novelo da sua vida. Instigado pelas confissões desconjuntadas do poeta, o seu companheiro de viagem – um professor universitário porciado – irá tentar descobrir o que está por trás da persistente melancolia de Saldaña Paris.

A viagem de descoberta começa com a leitura de um manuscrito da autoria da ex-mulher do mexicano, Teresa, que morreu há pouco tempo e marcou a vida do poeta como um ferro em brasa. O narrador não poderia apinhar (porque nunca podemos saber as verdadeiras consequências dos nossos actos) que a leitura desse manuscrito teria o mesmo efeito sobre a sua vida.

As páginas escritas por Teresa revelam a sua adolescência no seio de uma família portuguesa contaminada pela desilusão: um pai ausente e alcoólico, um tio aventureiro e misterioso, uma mãe demasiado protectora. Mas o que ressalta com maior vivacidade daquelas páginas é o relato enternecedor do seu primeiro amor, ao mesmo tempo que começam a insinuar-se na sua vida realidades grotescas e brutais. Confrontado pela primeira vez com a suspeita dessa terrível possibilidade, Saldaña Paris mergulha numa depressão profunda. Determinado em libertar o amigo do poder corrosivo do mal, o nosso narrador compõe então, peça a peça, a biografia involuntária dos dois amantes. Uma biografia que passa pelo desvelar do passado, para que este não contamine irremediavelmente o futuro.

Nesta dupla tentativa de salvação (a do amigo mas também a sua própria), o professor irá procurar encontrar «as coisas certas» que ainda nos definem como humanos e resgatar a possibilidade de um futuro com dias felizes.

Os elogios da crítica:

«Toda a capacidade que existe no melhor de José Saramago ao surpreender no desenrolar a tela onde pinta os seus romances com soluções inimagináveis.»

João Céu e Silva, Diário de Notícias

Do mesmo autor

12,56 

Cem anos de perdão (Livro de Bolso)

16,97 

O nome que a cidade esqueceu

16,60 

O luto de Elias Gro (Trilogia dos Lugares Sem Nome 1)

17,50 

Ensina-me a voar sobre os telhados

15,71 

Naufrágio

11,65 

Biografia involuntária dos amantes (Livro de Bolso)

16,96 

Felicidade

19,76 

Cem anos de perdão

15,71 

Anatomia dos mártires

12,55 

Ensina-me a voar sobre os telhados (Livro de Bolso)

17,50 

As três vidas

14,94 

O livro dos homens sem luz

16,96 

O bom inverno

15,70 

Hotel Memória

14,99 

O paraíso segundo Lars D. (Trilogia dos Lugares Sem Nome 2)

12,56 

Águas passadas (Livro de Bolso)

14,99 

Uma valsa com a morte

20,66 

A noite em que o verão acabou

16,60 

O deslumbre de Cecilia Fluss (Trilogia dos Lugares Sem Nome 3)

19,75 

Águas passadas

12,91 

A noite em que o verão acabou

11,66 

O luto de Elias Gro (Livro de Bolso) (Trilogia dos Lugares Sem Nome 1)

15,71 

O ano sabático

14,98 

Manual de sobrevivência de um escritor

17,50 

A mulher que correu atrás do vento

12,56 

As três vidas (Livro de Bolso)

Outras sugestões

20,66 

Rapariga, Mulher, Outra

13,91 

Leme

19,30 

Os Frutos da Terra

15,71 

Canção doce

14,81 

A Subtração

19,76 

A purga

Artigos relacionados com o autor