15,93 

A melhor máquina viva

Uma reflexão hábil sobre o valor da literatura, uma crítica indiscreta ao capitalismo, a derradeira denúncia da ironia de tudo.

AUTOR FINALISTA DO PRÉMIO OCENOS 2019 E VENCEDOR DO PRÉMIO INCM / VASCO GRAÇA MOURA

114 em stock

Também disponível em EBOOK:

Características
ISBN 9789896659660
Data de publicação Fevereiro de 2020
Páginas 304
Apresentação capa mole
Dimensões 145x230mm
Idade recomendada Adultos
Partilhar:
Descrição

Plano Nacional de Leitura

Literatura – Maiores de 18 anos

Anders Kopf é um jovem aspirante a escritor que decide mergulhar na pobreza por um ano e afastar-se de um passado doloroso. É um exercício temporário cujo objectivo é melhorar a literatura. Com os seus novos companheiros faz um batismo de pobreza, pratica roubos colectivos em matadouros, partilha refeições suspeitas e sofre injustiças pedagógicas. Durante todo esse tempo, reescreve a sua própria história de orfandade e de crime.#Eeva Wiseman é uma bela capitalista que herdou do pai um antigo matadouro, relíquia macabra do século XX. Administra com agilidade maternal o seu império de negócios, na sombra voraz da globalização, ao mesmo tempo que ressuscita da ressaca de um grande acidente e de um desaparecimento absoluto.#O que têm Kopf e Eeva a oferecer um ao outro? Entre o amor e a amizade, qual a melhor máquina? A liberdade e o sexo; a pobreza e a abundância; o triângulo homem, mulher, animal, são estas as várias máquinas modernas que alimentam a literatura.

«Isto parece ficção. Mas o que é que não é ficção, hoje em dia?»

A Melhor Máquina Viva é uma aventura pessoal pelas ruínas da utopia, da pobreza e do capitalismo, da literatura e da natureza humana.

Sobre a obra de José Gardeazabal:

«O que mais surpreende é a escala e o fôlego do seu projecto literário.» — José Mário Silva, Expresso

«O aparecimentode José Gardeazabal no plano literário europeu contribui para uma desconstrução da Europa moderna.» — Ana Catarina Anjos, A Europa face à Europa: poetas escrevem a Europa

«Um exercício invulgar, notável e vertiginoso que conduz a literatura para um lugar novo.» — Júri do Prémio Imprensa Nacional Casa da Moeda/Vasco Graça Moura

«Não deixará nenhum leitor indiferente.» — José Tolentino de Mendonça

Do mesmo autor

14,85 

Meio homem metade baleia

16,61 

Quando éramos peixes

14,94 

Quarentena – Uma história de amor

14,99 

A Mãe e o Crocodilo

Outras sugestões

14,81 

A Subtração

17,91 

A estrada subterrânea

14,38 

Victoria

14,35 

Penas de pato

18,86 

Leite Derramado – Edição Especial

19,31 

Mr. Loverman

Artigos relacionados com o autor
Nenhum resultado encontrado.