14,99 

Quando Soube Que Era Gay

Uma encantadora novela gráfica sobre crescer e encontrar-se a si própria.

1623 em stock

Também disponível em EBOOK:

Características

Chancela Iguana

Autor(a) Eleanor Crewes

Tradutor Raquel da Silva Almeida
ISBN 9789897870392
Data de publicação Junho de 2023
Edição atual 1.ª
Páginas 320
Apresentação capa mole
Dimensões 150x230mm

Coleção Gráfica

Idade recomendada Adultos
Partilhar:
Descrição

Ellie sempre soube que era diferente. Com uma forte veia criativa, gostava de se vestir de preto, era obcecada pela Willow, da série Buffy, a Caçadora de Vampiros, e considerava que sair com rapazes era algo muito confuso.

À medida que foi crescendo, os seus medos e a sensação de não se encaixar em lado nenhum tornaram-se cada vez maiores.

Desde a primeira comunhão até à primeira namorada, passando por uma espiral de dúvida e negação, Ellie oferece-nos um relato fresco e bem-humorado sobre uma rapariga que encontra o seu próprio caminho.

«Uma história encantadora e acessível sobre autoaceitação que qualquer pessoa — especialmente pessoas que se debatem com a sua sexualidade — vai apreciar.

Um livro de memórias emocionante e delicioso sobre autodescoberta.»
Kirkus Reviews


«Transborda de esperança e da alegria que nasce quando alguém está finalmente pronto para se aventurar no mundo.»

OprahMag.com

«Sincero, divertido e muito empático. Capta perfeitamente todas as constatações confusas, complexas e eufóricas na aceitação da própria sexualidade.»

Alice Oseman, autora de Heartstopper

«Encantador, emocionante e muito verdadeiro.»

David Ebershoff, autor de A Rapariga Dinamarquesa

«A novela gráfica de estreia de Eleanor Crewes acompanha a sua identidade queer desde as obsessões juvenis com a Buffy, a Caçadora de Vampiros, passando pelos encontros desconfortáveis com rapazes, e depois com raparigas, enquanto a autora se apercebe de que assumir-se é mais um processo do que um único momento.»

Publishers Weekly

«Um retrato caloroso, divertido e autêntico dos desafios, angústias e alegrias que chegam com a autodescoberta e o momento de uma pessoa se assumir.»

Manhattan Book Review

«Neste livro divertido e encantador, Eleanor Crewes identifica os momentos em que percebeu que poderia ser gay, desde a primeira comunhão ao primeiro encontro com uma mulher. A autora descreve a explosão de vida que sentiu quando se assumiu de uma vez por todas — e o arrependimento por ter demorado tanto tempo.»

Kate Davies, The Guardian, «Os dez melhores livros sobre assumir que se é gay»

Do mesmo autor
Nenhum resultado encontrado.
Outras sugestões

22,49 

1984 (George Orwell): Novela Gráfica

15,71 

Lore Olympus: Volume 1 (parte 1)

18,86 

O Menino, a Toupeira, a Raposa e o Cavalo

12,87 

Vamos lá então perceber as mulheres. Mas só um bocadinho…

17,51 

Let’s Play: Volume 2

43,61 

As aventuras completas de Dog Mendonça e Pizzaboy

Artigos relacionados com o autor
Nenhum resultado encontrado.