18,86 

Amy e Isabelle

Prémio Los Angeles Times Art Seidenbaum


Prémio Chicago Tribune Heartland

«Durante anos, fora esse o seu segredo: queria ter uma mãe diferente. Queria uma mãe bonita, que cumprimentasse as pessoas de modo caloroso. Queria uma mãe que se assemelhasse às mães nos anúncios de televisão. […] Não queria aquela mãe ali encurralada no bosque, naquela casa pequena.»

Antes de Olive Kitteridge e de Lucy Barton, houve Isabelle – uma mãe distante – e houve Amy – uma filha insegura.

Neste romance, Elizabeth Strout mergulha nos desafiantes laços e nós que compõem a relação complexa e melindrosa entre mães e filhas.

53 em stock

Também disponível em EBOOK:

Características

Chancela Alfaguara

Tradutor Eugénia Antunes
ISBN 9789897876073
Data de publicação Maio de 2024
Edição atual 1.ª
Páginas 440
Apresentação capa mole
Dimensões 150x235mm

Coleção Alfaguara

Idade recomendada Adultos
Partilhar:
Descrição

Isabelle Goodrow vive na pequena cidade de Shirley Falls com Amy, a filha adolescente. Destaca-se das outras mulheres da comunidade pela maneira de agir e vestir, dando grande importância às aparências e à aprovação social. Contudo, atrás da fachada de decoro, a sua vida amorosa guarda um segredo inconfessável.

Amy, por seu lado, é uma rapariga tímida, com poucos amigos, encerrada numa casa claustrofóbica. Tem com a mãe uma relação tensa, minada pelas coisas não ditas e pelas incompreensões mútuas. Com a adolescência – e a chegada de um novo professor – vem o despertar para os prazeres da paixão e o mergulho numa relação proibida. Depois de um instante fatídico, nada será como antes, e o mundo de Amy e de Isabelle entram em rota de colisão.

Da autoria de uma das mais fulgurantes romancistas da atualidade, já distinguida com o Prémio Pulitzer, Amy e Isabelle é uma reflexão cristalina sobre família, desejo e traição, sobre a morte da ilusão e o medo de amar.

Os elogios da crítica:


«Um romance de integridade e humor cintilantes, sobre a bravura e as escolhas difíceis que é preciso fazer naquilo a que se chama a vida comum.» Alice Munro

«Um daqueles livros raros e revigorantes, que partem de um mundo aparentemente familiar e o dissecam com implacável intimidade, revelando afinal um lugar estranho e inquietante.» The New York Times Book Review

«As intuições de Strout sobre a complexa psicologia que se estabelece entre mãe e filha dão origem a uma comovente fábula sobre o amadurecimento de ambas.» Time

Do mesmo autor

17,95 

A segunda vida de Olive Kitteridge

15,71 

Oh, William!

11,66 

Olive Kitteridge (Livro de Bolso)

15,71 

Tudo é possível

17,95 

Olive Kitteridge

11,66 

A segunda vida de Olive Kitteridge (Livro de Bolso)

10,76 

O meu nome é Lucy Barton (Livro de Bolso)

16,61 

Lucy à beira-mar

15,70 

O meu nome é Lucy Barton

Outras sugestões

14,36 

Um, Ninguém e Cem Mil

16,61 

Noite de luta

17,96 

A Árvore da Dança

14,36 

Deriva

14,38 

Romance 11, Livro 18

16,91 

A Morte É um Acto Solitário

Artigos relacionados com o autor
Nenhum resultado encontrado.