18,41 

As partículas elementares

Fenómeno literário sem precedentes, As partículas Elementares foi o romance que catapultou Michel Houellebecq para a fama à escala planetária.

1110 em stock

Também disponível em EBOOK:

Características

Chancela Alfaguara

Tradutor Elsa Castro Neves
ISBN 9789897842108
Data de publicação Janeiro de 2022
Edição atual 1.ª
Páginas 384
Apresentação capa mole
Dimensões 150x235mm

Coleção Alfaguara

Idade recomendada Adultos
Partilhar:
Descrição

Plano Nacional de Leitura

Literatura – Maiores de 18 anos

Bruno e Michel são meios-irmãos. Foram abandonados pela mãe, que cristalizou nos anos sessenta, num mundo saturado de drogas e de amor livre. Bruno, o mais velho, é professor de Literatura, consumidor de pornografia, misógino, racista e promíscuo. Michel, biólogo e investigador, leva uma existência monástica, renunciou ao sexo e vive imerso na solidão do seu trabalho. A cada um deles é oferecida uma derradeira oportunidade de amor verdadeiro.

A trama que se desenrola, contudo, é cáustica e imprevisível, ilustrando genialmente a crise afetiva e sexual da sociedade ocidental.

Um romance desconcertante e demolidor, que mergulha de cabeça na realidade de uma geração derrotada e descreve a doença da vida contemporânea.

Os elogios da crítica:

«Uma obra de arte singular – irónica, inteligente e tão perfeita e elegante como um exercício de geometria. […] Este romance deixou rasto assim que apareceu,reputado como um sucesso escandaloso e o maior fenómeno literário em França desde Camus.» — The New York Times

«Com este livro, o autor semeia o terror entre os bem-pensantes. O escândalo e o sucessotransformam-se na sua marca distintiva. A partir daqui, Houellebecq alcançou definitivamente a fama.» — Le Figaro

«Destemido, intenso e causticamente honesto… Divertido e capaz de transformar o modo como interpretamos aquilo que acontece na nossa própria vida. Não há muitos romances capazes disto.» —Los Angeles Times

«As partículas elementares é um genial romance filosófico, hipnotizante, da autoria de um escritor engenhoso e com notável capacidade de observação.» — The Wall Street Journal

«As personagens de As partículas elementares fazem parte de uma utopia distópica em que a pulsão sexual é tão questionada quanto procurada. Antevê-se uma nova sociedade, alheada do desejo, da culpa e dos laços que nos ligam à humanidade. É uma homenagem ao ser humano dos nossos dias, enquanto indivíduo que deseja, devido à capacidade de se sonhar a si mesmo como um ser diferente.» — Marina Perezagua

«O que me impede de ler os livros de Houellebecq […] é uma espécie de inveja. Não porque inveje o seu sucesso, mas porque ler esses livros […] obrigar-me-ia a contemplar quão excelsa pode ser uma obra e quão inferior é o meu trabalho.» —

Karl Ove Knausgård

«Se há alguém hoje, na literatura mundial, que reflecte sobre a enorme transformação que está em curso sem que tenhamos recursos para a analisar, então é Houellebecq.» —

Emmanuel Carrère

«Houellebecq continua a ser um dos pouquíssimos representantes daquilo a que outrora chamávamos literatura.» — La Vanguardia

«Michel Houellebecq pode bem ser o romancista mais interessante dos nossos tempos.» —
Evening Standard

«Um autor de génio.» — El Mundo

Do mesmo autor

18,86 

O mapa e o território

11,66 

O mapa e o território (Livro de Bolso)

17,95 

Submissão

15,26 

Extensão do domínio da luta

18,86 

Intervenções

12,15 

Lanzarote

17,96 

Plataforma

22,46 

Aniquilação

19,71 

A possibilidade de uma ilha

11,65 

Submissão (Livro de Bolso)

11,65 

Serotonina (Livro de Bolso)

17,95 

Serotonina

Outras sugestões

14,31 

Relato de um certo Oriente

15,75 

Como desenhar o corpo humano

14,99 

Como um Marinheiro Eu Partirei

14,93 

As Forças Estranhas

16,61 

Quando éramos peixes

15,70 

A Devastação do Silêncio

Artigos relacionados com o autor
Nenhum resultado encontrado.